Brasil | Uma análise ao novo modelo de concessões ferroviárias


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acaba de lançar o edital para a concessão do trecho ferroviário compreendido entre Açailândia/MA e o Porto de Vila do Conde/PA.

 

O trecho está englobado no Programa de Investimentos em Logística (PIL), divulgado pelo governo federal em agosto de 2012, com objetivo de ampliar a escala dos investimentos públicos e privados em infraestrutura rodoviária, ferroviária, hidroviária, portuária e aeroportuária.

 

É importante aqui analisar esse modelo de concessão ferroviária. O programa busca, essencialmente, expandir a capacidade de transporte da malha ferroviária nacional, resgatar a ferrovia como alternativa logística e reduzir fretes. Para isto, desenvolveu-se um modelo de exploração capaz de propiciar amplo acesso à malha ferroviária, de forma que diversos setores da economia possam usufruir da infraestrutura ferroviária.

 

Em linhas gerais, o programa estabelece diretrizes, visando restabelecer o planejamento integrado dos transportes, de forma a implantar uma rede de infraestrutura de transporte moderna e eficiente, capaz de prover maior competitividade ao país, bem como fomentar o desenvolvimento econômico e social.

 

A concessão em questão (Açailândia/MA-Porto de Vila do Conde/PA) não chama a atenção apenas pelo alto valor dos investimentos (a área referida envolve 477 quilômetros de ferrovias, com previsão de investimentos de cerca de 3 bilhões de reais), mas pelo fato de que a ANTT tem a intenção de padronizar suas minutas de editais e contratos com base naquelas que vierem a ser definidas para esse primeiro caso (diversos outros trechos serão licitados, considerando a estimativa de investimentos em torno de R$ 91 bilhões, em mais de 10 mil quilômetros de ferrovias).

 

Fonte(Português): http://www.revistaferroviaria.com.br/index.asp?InCdEditoria=1&InCdMateria=18277

Foto: http://www.aerospace.bombardier.com/files/en/supporting_docs/image_and_media/products/BT-4044-TRAXX_SBB_Cargo-HR.jpg

See on www.revistaferroviaria.com.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s